Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

A sede do Sindicato dos Professores de Paragominas (SINPEMP), no sudeste paraense, foi atacada a tiros na madrugada do último sábado (28).

Na parte externa do sindicato haviam marcas dos tiros na porta do prédio e foi encontrado um bilhete que dizia: “A guerra começou”.

A Polícia Civil informou que ainda não há informações sobre suspeitos, nem motivação definidos.

Ainda de acordo com a PC, a ocorrência foi registrada na seccional de Paragominas pelo presidente do sindicato. O caso está sendo investigado.