Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

A reunião entre o presidente do Fábio Bentes, executivo e diretoria de futebol realizada ontem,  derrubou dois profissionais.  O primeiro é o preparador físico Wellington Vero, que foi desligado na manhã deste sábado. O segundo é o técnico João Neto, que foi comunicado que o jogo contra o São Raimundo, neste domingo (24), será o último à frente da equipe profissional.

A sequência de três jogos sem vitória do time azulino fez a diretoria tomar providências. Na reunião foi colocado o afastamento do técnico João Neto do comando da equipe profissional e retornando ao cargo de auxiliar. O treinador ainda estará comandando a equipe azulina contra o São Raimundo, mas ainda não decidiu se permanece no clube. Antes do clássico Re-Pa, o presidente do Remo, Fábio Bentes, disse que o João Neto era o treinador do Remo para o ano de 2019 e falou que não avaliava resultados e sim propostas de trabalho. 

Outro que “pegou o boné” foi o preparador físico Wellignton Vero. Eterno auxiliar do treinador Givanildo Oliveira, multicampeão por onde passou, Vero deixa o clube após ser escolhido por Netão para ser o preparador físico da equipe remista. Os preparadores físicos Rafael Raposo e Vitor Braga comandarão a parte física dos atletas contra o São Raimundo, neste domingo. 

O treinador teve em sua passagem pelo Remo nos anos de  2018/2019 14 partidas, com oito vitórias, três empates e três derrotas. Netão foi peça importante no Remo que estava disputando o Campeonato Brasileiro da Série C, em 2018. Ele assumiu o cargo com o Remo na lanterna e mais de 90% de risco de queda segundo os sites em estatísticas.

Netão conseguiu nas últimas sete partidas da Série C vencer quatro e empatar duas, perdendo apenas uma, mantendo o Leão na Série C do Brasileirão.

SEQUÊNCIA RUIM NO PARAZÃO

João Neto iniciou o trabalho da equipe visando o Parazão, mesmo vencendo e deixando o clube na liderança do grupo A1 com nove pontos, a eliminação para o Serra-ES na Copa do Brasil e a goleada para o Paysandu no Re-Pa, fizeram o treinador balançar. O empate no meio da semana em 1 a 1 contra o Paragominas, não sustentou o treinador de 39 anos no cargo.