Fotografo: Divulgação
...
Lucimar Campos.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, arquivou denúncia contra a prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (DEM) e seu esposo, ex-senador Jaime Campos (DEM), por suposto ato de nepotismo.

A reclamação, com pedido liminar, ajuizada em 28 de agosto de 2017, foi proposta pelo Diretório Municipal do Partido Democrático Trabalhista de Várzea Grande (PDT/VG), e acusava Lucimar da prática de nepotismo por ter nomeado Jaime no cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, “ao arrepio da Súmula Vinculante 13/STF”.

No entanto, com a saída de Jaime do cargo, em 05 de abril, para disputar cargo eletivo nestas eleições, a reclamação perdeu o seu objeto. O próprio PDT/VG, já havia pedido celeridade no trâmite processual, devido a saída programada de Jaime Campos do cargo público.

Diante da perda do objeto, o ministro seguiu o parecer da Procuradoria Geral da República e julgou prejudicada a reclamação. “Sendo assim, e tendo em consideração as razões expostas, julgo prejudicada a presente reclamação, em virtude da perda superveniente de seu objeto. Arquivem-se estes autos. Publique-se” diz decisão proferida em 04 de maio deste ano.