Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

Após amplo debate, o plenário da Câmara Municipal de Gurupá, decidiu na manhã de ontem, 9, pela reprovação das contas da Prefeitura Municipal de Gurupá, referente ao exercício de 2007, de responsabilidade do ex- prefeito Raimundo Nogueira Monteiro dos Santos. Seguindo as determinações regimentais, no decorrer da Sessão, foi dado o direito de defesa ao ex- gestor, Raimundo Nogueira, que utilizou a tribuna da Casa de Leis, o fez de forma oral. Durante o processo de votação, os Vereadores (Manoel José-MDB, Carlos Alberto – MDB, Elso Queiroz – PSDB, Fabiola Moraes – PSDB e Davison Palheta – PSDB) votaram pela reprovação das contas. Os Vereadores, (Waldir Fernandes – PT, Nivaldo Nascimento – PT, Milton Brito – PT, Iracilda Nunes – PSD) manifestaram-se favoráveis à aprovação. Já os vereadores (Rosélio Pureza – PDT e Joelso Mendes – PSD) decidiram pela abstenção. Como não se obteve os (2/3) dos votos contrários ao parecer do Tribunal de Contas dos Municípios do Pará, que rejeita as contas de 2007 da Prefeitura de Gurupá, foi por tanto, aprovado. A Decisão deve ser formalizada por meio de Decreto Legislativo, que posteriormente será encaminhado ao TCM, a Procuradoria de Justiça do Pará, Tribunal de Justiça do Pará, Justiça Eleitoral no Pará e Procuradoria Geral da República no Estado do Pará para os demais procedimentos legais.